Saiba como prevenir e tratar o envelhecimento facial

Harmonização facial: o que é, como funciona e quais são as técnicas utilizadas?
23 de setembro de 2020
Botox: o que é e como funciona a aplicação estética da toxina botulínica?
13 de novembro de 2020

Confira de que forma nossa equipe pode te ajudar com procedimentos de rejuvenescimento facial

O envelhecimento facial é um processo natural que ocorre com todas as pessoas com o passar dos anos. Para alguns indivíduos, alguns sinais estéticos passam a ficar cada vez mais nítidos, especialmente ao redor dos olhos, apresentando uma expressão de cansaço, assim como próximo aos lábios, nariz e queixo, com o “sorriso triste”, perda do contorno e volume dos lábios, assim como o encurtamento da parte inferior do rosto, que aparenta um aspecto envelhecido mais aparente.

O envelhecimento facial é um processo natural de senescência, ou seja, um processo que se caracteriza pelo declínio gradual do funcionamento de algum sistema do corpo. Isso resulta na redução contínua da função de células individuais e componentes estruturais, incluindo os ossos, músculos, o tecido adiposo e ligamentos. O resultado é a perda de gordura facial, alterações da estrutura óssea, redução de tonicidade dos músculos e perda da elasticidade dos ligamentos”, explica Dra. Raissa Lima, dentista e especialista no tema.

 

Principais causas do envelhecimento

Sendo assim, nosso organismo passa por desgastes naturais e mudanças fisiológicas que produzem diversas condições que aparecem como os primeiros sinais de envelhecimento. Entretanto, é possível se notar a perda da firmeza da pele de forma prematura ou até mesmo uma aceleração do envelhecimento, devido a diversos fatores, que vamos listar abaixo:

– Tabagismo

– Consumo de bebidas alcoólicas com frequência e em excesso

– Não seguir uma dieta equilibrada

– Ser sedentário e não ter o hábito de se praticar atividades físicas

– Problemas odontológicos

– Não beber água em quantidade adequada diariamente

– Exposição excessiva ao sol e sem proteção

– Tendências hereditárias

Esse processo de degeneração dos tecidos ocorre especialmente em regiões que ficam mais expostas à luz solar, como face, pescoço, mãos e antebraços. A pele passa a adquirir traços como flacidez, hiperpigmentação e linhas de expressão, o chamado fotoenvelhecimento.

Há ainda um outro fator que gera o envelhecimento, que é o excesso de mímica da face, ou seja, indivíduos que usam muito a expressão facial, movimentam demasiadamente alguns grupos musculares, fazendo com que aconteça um desgaste antecipado das fibras elásticas.

Mas, fique tranquilo: para tudo isso, há tratamento e nós estamos prontos para te ajudar a reverter esse quadro e te rejuvenescer de forma saudável, equilibrada e segura”, comenta a especialista.

 

Quais os tratamentos e cuidados essenciais

Confira como retardar o envelhecimento facial, seja com o apoio profissional de um especialista em harmonização facial ou com ações que você pode adotar em seu cotidiano:

  1. Realize tratamentos estéticos na face

Procedimentos estéticos realizados por profissionais capacitados, como a equipe da RL Face, ajudam a evitar o envelhecimento facial precoce e a suavizar as marcas profundas, de forma totalmente individualizada para atender as particularidades de cada paciente.

Indicamos procedimentos dérmicos, realizados no consultório, que estimulam a formação de colágeno na face, tais como hidratação, peeling e microagulhamento.

Além deles, tratamentos de harmonização facial são o segredo para o rejuvenescimento do rosto, com técnicas como a aplicação de toxina botulínica, preenchimentos faciais com ácido hialurônico, intradermoterapia e o MD Codes. Para entender mais sobre esse tema, preparamos esse outro artigo para você, que explica o que é a harmonização facial e como funcionam as técnicas.

  1. Adote hábitos saudáveis

Parece “mais do mesmo”, mas não é. Adotar um estilo de vida realmente saudável, traz benefícios para todo o corpo, o que não é diferente com a face. Por isso, procure ter uma alimentação equilibrada, beber água com frequência, não ter vícios de cigarro, drogas ou álcool, assim como praticar atividades físicas com regularidade.

  1. Tenha uma rotina de cuidados faciais

A poluição também contribui com o envelhecimento facial, sendo uma inimiga da saúde da pele. Por isso, crie o hábito de limpar sua pele com produtos que removam as impurezas, assim como a maquiagem. Além disso, use protetor solar diariamente, e recomende que sua família faça o mesmo quanto ao uso desse produto tão importante para nossa proteção.

 

Quais são as fases de envelhecimento que vivemos?

Dividimos o envelhecimento facial especialmente em 3 fases.

A primeira, acontece entre os 25 e 35 anos, com o surgimento das primeiras linhas de expressão, que são ainda marcas finas na face, que aparecem somente quando a pessoa gesticula.

A segunda é entre os 35 e 45 anos, quando surgem definitivamente as rugas marcadas, as quais, até mesmo com o rosto em repouso, passam a ser visíveis. Nesse momento, é também mais notável a perda de firmeza da pele.

A terceira acontece a partir dos 45 anos, quando de fato já se identifica a perda da densidade e do contorno facial.

 

Atenção:

Para saber quando iniciar um tratamento e qual procedimento é o mais indicado para você, não deixe de procurar um especialista! Dentre os profissionais indicados para a realização de intervenções estéticas, destacam-se os dentistas especializados em harmonização facial, que detém amplo conhecimento das estruturas da face. Neste vídeo, publicado no IGTV do nosso Instagram, nossa responsável técnica, Dra. Raissa Lima, conta um pouco da sua trajetória na área.

Queremos cuidar de você e atuar na sua autoestima! Clique aqui e agende uma avaliação com nossa equipe. Até mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − catorze =